Liga Nacional Espanhola - ALGODONALES
#1
Pessoal.

Está-se para aqui a pensar em participar numa prova da Liga Espanhola em Algodonales

Datas 1 - 4 de Maio (Quinta Feriado a Domingo)
Valor 120€
http://www.parapentectnp.com/competicion...lgodonales

Não sei bem como funcionam as recolhas e logísticas das comps espanholas...

Site


QUEM ALINHA???? BORA??

Eu e o José Duro já estamos pré-inscritos, já ouvi outros interessados.
Já estão inscritos 3 marafados!

Abraços e Boas Enroladelas


Ficheiro(s) anexado(s) Miniatura(s)
   
Responder
#2
Hummmmm... Algodãozais nesta altura do ano deve ser fixolas!
Responder
#3
Como é?? QUem vem mais???

[/align]
Responder
#4
Olá PEssoal,

Quero deixar aqui os meus PARABÈNS ás prestações da nossa rapaziada na competição em Algodonales.

Tiradenti ( Bruno MAtos ) a fazer brilharete na geral com a sua F2 sendo o primeiro dos tugas na sua categoria (ENC), sendo que só um (tuga) ficou À sua frente na classificação( Edu), mas este com uma EN D. A Silvia (Mentor 3 EN B) como sempre a dar "gazeeee" e mostrar raça, também a posicionar-se muito bem na geral e 2ª feminina. É de referenciar que neste momento a Liga Espanhola é dos top's a nível competitivo mundial, atendendo a que é um dos países que tem mais pilotos a competir na PWC.
POrtanto estes nossos PILOTAÇOS de PARABÈNS pela prestação, ... é evidente não tirando desprimor dos outros nossos tugas que também competiram e estiveram bem.

Força aí rapaziada.

Abraço
Sam
Responder
#5
Hey Sam!! Agradeço as palavras sempre encorajadoras, por mim e pelo resto do pessoal.

Não foi uma fantástica classificação, mas contou muito pela experiência.
O intuito da participação foi mesmo o de treino, aquecer e começar a entrar no modo competitivo.
Neste momento quero andar mais rápido, e isso obriga a tomar decisões mais arriscadas que nem sempre correm pelo melhor... Por isso mesmo esta prova veio em boa altura para treinar tais decisões, e até treinar quando NÃO tomar essas decisões! hehe Smile
Importante perceber então quando é altura de começar a arriscar, avaliar o dia para perceber se se pode andar rápido, ou quando meter uma abaixo e acompanhar o grupo... difícil!

Assim foi uma prova com muitos tipos de dias, Algodonales fantástico a permitir 4 mangas em 4 dias.
Uma das mangas com muito vento e descolagem muito muito baixa, em Montellano mas na deco de baixo! Smile
O pessoal a descolar e a encostar à parede para subir, tipo "dinâmico na praia" com STARTS múltiplos de 5 em 5 minutos. Difícil de enrolar térmica com muita deriva, ir à frente sucessivamente para se conseguir subir mais e começar a corrida. Saí com o primeiro grupo.
Nessa manga tinham informado erradamente que o start seria a descolagem, com isso eu e metade dos pilotos em prova, não nos guiámos pelo GPS uma vez que enrolávamos por cima da deco e não fizemos START.... Burrice, o instrumento está lá para ser usado.
Uma manga outra que me correu mto bem e quando o grupo todo desviou para fora de rota para a dta, eu arrisquei mais e fui mais directo à baliza e com isso rendeu um bom golo no 13º.

Ficam muitas aprendizagens, vivências e o espírito competitivo mais apurado.

Venham as nossas mangas! Smile

Bons voos
Bruno
Responder
#6
Hey TiraDent, aqui o pessoal ficou grudado no live tracking a imaginar as tiradas e o cenário Wink
mt boa cena, a atitude é mesmo essa, aprender e evoluir.
os nuestros hermanos, embora não sejam exemplo nenhum em termos de organização de provas Whistlin, são-no no que respeita a atitude (ás vezes até em demasia. muy cojonudos... Evil)
isso vê-se quando forçam mangas mesmo em condições longe das ideais ou esticam a corda com quilometragens bem grandes. acho que são muito competitivos e o resultado está á vista. uma grande potência no voo livre actual com grandes nomes a deixar marca em todo o lado.
Acho que só temos a aprender com eles e estas provas aqui perto do nosso cantinho são de aproveitar!
continuo a achar que aqui a malta ainda tem muito medo da marreca e o que interessa é chegar ao golo.
NÂO!
o que interessa é chegar lá bem DEPRESSA! algumas vezes vai correr mal e manda-se um prego, mas é mais um frango virado e mais dia menos dia a coisa começa a fluir, direitinho. há que aproveitar estes treinos para tentar as decisões instintivas, fazer o que nos vai na real gana, e não ser vagão! Icon_mrgreen

bute lá digerir bem a cena para estarmos afinados e a top na PWC, ya? Wink

bons voos
Responder
#7
EvilEvil

Bora lá Bitoke!! Smile Na PWCena é mesmo a abrir a 150%.

Ainda faltam virar muitos frangos, mas estou aí para isso. A ver que máquina consigo levar para a corrida de Formula1.


Mais 2 palavrinhas que faltaram:
- A nossa campeã Sílvia voou muito muito bem, mesmo em dia de muito vento (o bicho papão!) esteve muito sólida e enfrentou o bicho sem medos!
Ficou num segundo QUASE QUASE PRIMEIRO, por meia dúzia de trocos!
Parabéns! 330

- As nossas organizações de provas são TOP!! Metem esta prova num buraquinho...
Que diferença estar habituado a ter tudo e passar a ter o mínimo... recolhas, informações, briefings, cabeças pensantes...
As nossas organizações são TOP!!! Smile

Abraços e beijokas nas ninas
Responder
#8
Olá boa tarde 
Obrigada Sam e Bruno, pelas vossas palavras motivadoras  Elas tocam muito e fazem-me sentir que podemos sempre fazer mais e melhor 
Esta participação foi uma grande mais-valia:
- Depois de uma grande temporada sem voar térmica é fundamental fazer um “aquecimento”, para que situações como as do ano passado não voltem a acontecer – do género de esquecermo-nos de fazer uma baliza, na 1ª competição do ano, estar pouco “acordado” para o conjunto de rotinas de competição, etc, etc. Fazer uma competição em terreno neutro, isso então é ouro sobre azul, pois não estamos comprometidos com resultados, e focamo-nos essencialmente nas rotinas que queremos treinar.
Treinei vários aspectos:
- Preparação matinal, nas rotinas wc, para não estar preocupada na descolagem
- Preparação da mochila, que leva mapa de Portugal e Espanha, água, barras, instrumentos, chapéu, protector solar, camisola de mangas compridas, livro de leitura, meias
- Preparação do equipamento – asa, botas e saco de lastro. Independentemente das condições, levo saco de lastro com agua para a descolagem, depois logo decido se usos ou não. Usei todos os dias
- Preparei a asa com o máximo de antecedência que pude, na descolagem, e protegi-a dos raios solares. Mas estava relaxada porque estava tudo pronto
- Falhei um ou dois dias na saída na manga. Não descolei logo no início e depois foi muito mais complicado – num dos dias mesmo impossível ficar em boa posição – nuca subi mais de 1200 m, estando bem aquém dos restantes pilotos que estavam nos 2000 m
- Voei em condições menos habituais – vento forte – muito forte para mim, mas sempre analisando a condição de segurança em cada momento, e na verdade, respeitando as regras de segurança, geri a altura, porque a térmica era consistente – num dos dias subi a 6,2m/s, com as enzos e os respectivos campeões de Espanha, do Mundo, e dos quintais que por lá existem  , e quando sai para distancia, todo o contexto do plano transmite muita confiança para se fazer bom voo de competição (sem cabos de alta tensão, sem cercas …)

Muito mais há para dizer, mas o resumo é este: é muito positivo participar em competição, porque é o meio mais seguro e onde se reúnem condições de excelência para o voo com objectivos e com meios de segurança e identificação de cada piloto. Depois tudo o resto das experiências que dai resultam, são sempre exponenciais, principalmente porque partilhamos, não só entre o grupo, mas com os pilotos das outras nações. Por exemplo, fiquei a saber da existência de um paraquedas anti G, e da questão que estará para breve de se voar com dois reservas, entre muitas outras partilhas com os espanhóis voadores.
Junto dois anexos muito bons para leitura
Abraço
Sílvia Ventura

.docx   21 TIPS.docx (Tamanho: 127,41 KB / Downloads: 129)

.docx   10 TIPS.docx (Tamanho: 165,22 KB / Downloads: 103)
Responder
#9
Parabéns Sílvia e Tiradentes!

Sílvia, o que relataste é de facto muito importante! Disciplina e ter tudo controlado com calma é um factor chave para um bom vôo! Competição ou não. (Não que eu seja um exemplo, pelo contrário! Sempre fui muito baldas e paguei muitas vezes por isso...era jovem, não pensava..!!).

Espero que este ano nos vejamos mais vezes.. no ar!


PS- Tiradentes, compra uma asa à tua altura!
Responder


Saltar Fórum:


Utilizadores a ver este tópico: 1 Visitante(s)